Artigos

Uma Alemanha mais audaciosa, por Helmut K. Anheier

BERLIM – Após oito semanas de negociações, a Alemanha tem um novo governo. Para o social-democrata Olaf Scholz, que sucede a Angela Merkel como chanceler, o muito aguardado acordo de coalizão pressagia nada menos que um revitalizado “Mitte progressista” ou um centro progressista – e uma Alemanha muito mais ousada. O acordo de coalizão foi redigido a portas fechadas, com…

Leia mais

A oportunidade perdida pelo Ocidente, por Yanis Varoufakis

ATENAS – O lado positivo da nuvem assombrosa da pandemia foi a oportunidade que deu ao Ocidente de se restabelecer. Durante 2020, os feixes de luz brilharam entre a janela. A União Europeia foi forçada a ponderar uma união fiscal. Depois, ajudou a remover Donald Trump da Casa Branca.  Repentinamente um New Deal Verde global parecia menos irreal. Assim, o…

Leia mais

Trabalhadores informais requerem mais que o reconhecimento legal, por Mariana Prandini Assis

BRASÍLIA – Durante a pandemia do COVID-19, os governos latino-americanos deram um passo inédito de incluir os trabalhadores informais na legislação de auxílio emergencial. Os trabalhadores informais representam uma parcela significativa da população economicamente ativa dos países latino-americanos, variando de 23,9% no Uruguai a 82,6% em Honduras, e estão entre os mais afetados pela pandemia. Sua inclusão na resposta à…

Leia mais

A solução pioneira do Brasil para a escassez de vacinas, por Joseph E. Stiglitz, Achal Prabhala e Felipe Carvalho

NOVA YORK – A Organização Mundial do Comércio deveria se reunir nesta semana para considerar uma proposta que vem definhando desde o ano passado: uma renúncia temporária de propriedade intelectual farmacêutica durante a pandemia para permitir que países pobres façam muitos dos mesmos testes, tratamentos e vacinas que os países ricos realizaram durante a pandemia. No entanto, em um lembrete…

Leia mais

A guerra da conectividade, por Mark Leonard

BERLIM – Muitos observadores há tempo supõem que o futuro da geopolítica será decidido em uma batalha marítima no estreito de Taiwan ou em algum afloramento rochoso ou atol no Mar da China Meridional. Mesmo assim, é provável que pudéssemos aprender mais examinando o tratamento de alguns milhares de refugiados desesperados nos remansos geopolíticos do século 21. Comecemos pelo Canal…

Leia mais

Deveriam os bancos centrais ter um mandato verde? Por Robert Skidelsky

ATENAS – Em seu orçamento de março, o chanceler do Tesouro do Reino Unido, Rishi Sunak, ampliou o mandato do Banco da Inglaterra para incluir o apoio à meta do governo de atingir emissões líquidas de gases de efeito estufa até 2050. Mas em uma carta de 8 de junho ao Financial Times, Mervyn King, ex-governador do Banco da Inglaterra, criticou duramente a medida. King alertou que…

Leia mais

O fim do consenso econômico, por Jean Pisani-Ferry

PARIS – Crises apresentam testes difíceis para governos. Em 2008, a maioria foi considerada incompetente quando o caos financeiro afundou o mundo desenvolvido. E, dentro de poucos anos, a maioria de suas lideranças tinha sido tirada do cargo à medida que a irritação pública chegou ao auge. Até aqui, governos estão respondendo de modo muito melhor ao rescaldo econômico do…

Leia mais

A Conquista Geopolítica da Economia, por Jean Pisani-Ferry

PARIS – Do  escândalo  da Huawei à disputa da AUKUS e além, uma nova realidade está moldando a economia mundial: a tomada, em geral hostil, da economia internacional pela geopolítica. Este processo provavelmente está só começando, e o desafio agora é aprender a conviver com ele. Sem dúvida, economia e geopolítica nunca foram domínios completamente separados. A ordem econômica liberal…

Leia mais

Nossa Odisseia de IA, por Joseph S. Nye

Henry A. Kissinger, Eric Schmidt e Daniel Huttenlocher, The Age of AI: And Our Human Future (A Era da Inteligência Artificial: E Nosso Futuro Humano), da Editora Little, Brown and Company, 2021. CAMBRIDGE – Um ex estadista, um CEO aposentado da Big Tech e um cientista da computação se encontram em um bar. Do que eles falam? Inteligência artificial, é claro, porque…

Leia mais

Neutralidade do carbono com características chinesas, por Nancy Qian

EVANSTON – O compromisso da China em alcançar a neutralidade de carbono até 2060, agora consagrado em seu 14º Plano Quinquenal (5YP), foi recebido com entusiasmo internacional. Se a China tiver sucesso, poderá sozinha reduzir  as temperaturas globais em 0,25 ° Celsius, em relação ao aumento esperado. Mas seu plano é realista? Chegar à neutralidade de carbono é um desafio extraordinário para qualquer país, especialmente…

Leia mais

O que destruiu a macroeconomia? Por Robert Skidelsky

LONDRES – O problema com a flexibilização quantitativa (FQ), como brincou o então presidente da Reserva Federal dos Estados Unidos, Ben Bernanke, em 2014, sobre o programa de compra de títulos do FED, “funciona na prática, mas não na teoria”. Pode-se dizer o mesmo sobre a política macroeconômica em geral, no sentido de que não há uma teoria robusta por…

Leia mais

Nos bastidores de Glasgow, um mundo tensionado e sem liderança, por José Luis Fiori

We are witnessing one of the largest shifts in global geostrategic power of the world has witnessed. Gal. Mark Milley, Joint Chief of Staff, in NBC News, Sputnik 8/11/2021 ———————————————— Não há como negar o desencanto provocado pela Conferência Mundial do Clima (COP 26), realizada na cidade de Glasgow, na Escócia, no início deste mês de novembro. De um lado,…

Leia mais

As instituições adequadas para a transição climática, por Mariana Mazzucato

LONDRES – Durante a semana passada, na Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática em Glasgow (COP26), participei de um painel com políticos nacionais importantes, incluindo o primeiro ministro escocês Nicola Sturgeon e a ministra espanhola da Transição Ecológica, Teresa Ribera, para discutir como podemos levar a sério a questão da economia verde. Enquanto os líderes mundiais, predominantemente masculinos, discutiam…

Leia mais

Por que Jerome Powell deve deixar o cargo, por Joseph E. Stiglitz

NOVA YORK – O presidente dos EUA, Joe Biden, enfrenta uma decisão crítica: quem nomear como presidente da Reserva Federal (FED) – indiscutivelmente a posição mais poderosa na economia global. A escolha errada pode ter consequências graves. Sob Alan Greenspan e Ben Bernanke, o FED falhou em regular o sistema bancário adequadamente, preparando o palco para a pior desaceleração econômica…

Leia mais

A mudança climática versus a guerra fria sino-americana, por Daron Acemoglu

CAMBRIDGE – O último esforço da Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP26) para manter o aquecimento global abaixo de 1,5°C, em relação aos níveis pré-industriais, estava destinado ao fracasso, independentemente de quantos chefes de estado e líderes empresariais fossem até Glasgow. Para que o mundo atinja uma meta mínima de 2ºC, é necessária uma colaboração entre os Estados…

Leia mais

A eficiência da desinformação sobre a COVID-19, por Noam Titelman

LONDRES – Na reunião da Assembleia Geral das Nações Unidas em setembro, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro usou o tempo que lhe foi concedido no pódio para relatar suas opiniões sobre a COVID-19. Ele exaltou as virtudes dos tratamentos que foram rejeitados pelos cientistas e proclamou que havia se beneficiado do medicamento anti-malária hidroxicloroquina. O apoio de Bolsonaro a tais…

Leia mais

O caminho para a credibilidade climática, por Jean Pisani-Ferry

PARIS – No dia 25 de outubro a capitalização de mercado da Tesla, produtora de veículos elétricos, alcançou 1 trilhão de dólares – mais que o valor agregado às outras dez montadoras globais de carros juntas. Mesmo ao desconsiderar a exuberância, trata-se de um forte indicador sobre como a ameaça do aquecimento global está causando a transformação do capitalismo. Certamente,…

Leia mais