Sobre nós

O portal América Latina nasceu de um blog, de minha autoria, com o qual tinha a ideia de, a partir da visão de um pesquisador latino-americano, produzir escritos sobre a região, para ser lido por pessoas de qualquer parte do mundo e que, para tanto, teve os seus textos redigidos em língua inglesa. Estes primeiros quinze textos foram escritos no ano de 2018, o que está registrado no fim de cada um deles. O “didatismo” destes textos em explicar a crise brasileira dos anos recentes se deve ao fato de que foram pensados para um público em geral alheio às questões do Brasil e da América Latina. Peço, desde já, escusas ao leitor em relação a isso. No entanto, decidi publicar esses mesmos textos em português, com algumas pequenas alterações, porque creio trazer uma síntese sobre esses acontecimentos, acrescidos da minha interpretação, no contexto da eleição presidencial de 2018. Escrevi também sobre Cuba, Venezuela, Argentina, Colômbia, México e Chile e também sobre o novo acordo comercial, em substituição ao NAFTA, do México com EUA e Canadá, o denominado USMCA.

O projeto, contudo, mudou. América Latina agora é uma página em português, voltada ao público brasileiro e que pretende trazer contribuições de acadêmicos e outros profissionais especializados em questões da região, sejam relativas à realidade de um país, de um conjunto de países, ou da região como um todo. Política, Economia e Relações Internacionais serão as áreas abrangidas e os textos, em perspectiva crítica, buscarão trazer análises acerca dos mais diversos temas.

América Latina em “Visões de Mundo” também trará textos sobre temas de países e regiões externos ao subcontinente ou mesmo temas globais.

Esta iniciativa ainda está no início e almejamos, gradativamente, ter um número crescente de textos. O objetivo do conteúdo de América Latina é ser analítico e apresentar uma visão questionadora da realidade política e social, diversa portanto daquela propagada pelos poderes dominantes e seu aparato de comunicação. Este é o compromisso editorial essencial.

Wagner Sousa | Editor